Ata de Reunião da Comissão Eleitoral – 007/2021

ATA REUNIÃO COMISSÃO ELEITORAL – 007-2021 – FINALIZAÇÃO DO PROCESSO ELEITORAL

Aos 03 dias do mês de maio de 2021, reuniu-se a Comissão Eleitoral designada nos termos do artigo 50 do Estatuto Social, para a finalização das atribuições desta Comissão, após a realização do pleito eleitoral em 30 de Abril do corrente.

Nas duas datas de eleições presenciais, na APMBB no dia 27 de abril de 2021 e na AOPM no dia 30 de abril de 2021 não houve ocorrências em que houvesse necessidade de intervenção da Comissão Eleitoral.

Na votação pelo correio, nas datas onde foram retiradas as correspondências, dias 15, 23, 29 e 30 de abril de 2021, não houve ocorrências em que houvesse necessidade de intervenção da Comissão Eleitoral, e a cada retirada estavam presentes os representantes de cada chapa corrente.

O pleito eleitoral de 30 de Abril de 2021 transcorreu sem outros problemas, culminando com a Assembleia Geral Ordinária para os trabalhos de apuração dos votos. Foram apurados 1406 (um mil, quatrocentos e seis) votos, resultando em 1029 (um mil e vinte nove) votos para a chapa “Leais Camaradas”, 360 (trezentos e sessenta) votos para a chapa “AOPM viva”, 11 (onze) votos inválidos e 06 (seis) votos em branco, conforme extrato anexo.

O Presidente da Assembleia Geral homologou o resultado da eleição e declarou vencedora a chapa “Leais Camaradas” para o próximo quadriênio administrativo da AOPM.

A Comissão Eleitoral, com base nos procedimentos desenvolvidos no decorrer de todo o processo eleitoral, deliberou deixar consignadas nesta Ata, propostas para o aprimoramento das próximas eleições administrativas da Associação.

Tendo em vista estarmos atravessando uma pandemia sanitária devido a COVID-19, e que medidas de Estado foram tomadas restringindo a circulação de pessoas, bem como de reunião de pessoas, o processo eleitoral tradicional foi prejudicado, quer seja pela modalidade voto por correspondência, quer seja pelo voto presencial, face a estas restrições impostas.

Desta forma, a Comissão Eleitoral entende que a modalidade de votação digital seja a grande inovação do próximo processo eleitoral, para tanto a AOPM deve se preparar financeiramente para contratação de uma empresa capacitada para desenvolver uma ferramenta adequada para as eleições e outra empresa de auditoria independente para o processo eleitoral, minimizando assim os impactos ao processo eleitoral vistos nesse último o pleito.

A Comissão Eleitoral durante todo o processo fomentou a propaganda eleitoral digital pelas chapas por meio das redes sociais da AOPM, além da tradicional propaganda impressa, o que foi bem aceito por todos, porém o uso das redes sociais devem ser controladas por todos para não haver distorções e exageros que possam denegrir a imagem de alguém, e principalmente violar o direito de sigilo de informações pessoais. Desta forma, nesse pleito o uso do departamento de comunicação social da AOPM teve um papel muito importante para divulgar de modo igualitário as propostas dos concorrentes, sempre sob a chancela da Comissão Eleitoral.

Também ficou evidenciado que devido as regras de restrição de mobilidade e reunião os associados inadimplentes tiveram dificuldade de saldar seus débitos com a AOPM, desta forma, estendeu-se a quitação dos débitos até 02(dois) dias antes da votação presencial, sendo aceito por todos.

A votação presencial exclusiva aos Alunos Oficiais nas dependências da APMBB no dia 27 de abril de 2021 corrigiu uma inconsistência havida na eleição anterior que tinha dado a opção de voto presencial e pelo correio pelos Alunos Oficiais e que causara desencontros de contabilidade de votos na apuração. Reforçando a necessidade de aprimorar o processo eleitoral para a modalidade digital para a próxima eleição.

A Comissão Eleitoral composta por 05 (cinco) Oficiais da Ativa da PMESP, atendeu ao pedido da anterior Comissão Eleitoral na qual possibilitou melhor supervisão dos trabalhos em todo processo eleitoral, especialmente nos dias 27 e 30 de abril de 2021 onde ocorreram as eleições presenciais na APMBB e AOPM respectivamente, tanto no controle do processo seletivo quanto na apuração dos votos.

Para este pleito as cédulas de votação foram numeradas e identificadas para cada modalidade de votação (correio, presencial APMBB e AOPM) de modo a facilitar o processo de apuração e transparência em todo o processo, podendo ser mantida para o próximo pleito caso não seja 100% (cem por dento) digital.

Coronel PM VALDIR PAVÃO
Presidente