Reunião da Diretoria Executiva com o Presidente da Assembléia Legislativa, Deputado Fernando Capez.

Publicado por Camila Goulart 4 anos atrás1 Comentário

Nesta segunda-feira 21NOV2016, às 15h, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo a Diretoria Executiva da AOPM, na pessoa do seu Presidente Coronel Salvador Pettinato Neto, o Chefe das Assessorias Coronel Ernesto Tasso, Assessores Institucionais Coronel Flammarion Ruiz e Coronel Glauco Silva de Carvalho, Assessor Parlamentar Coronel João Carlos Pelissari e o Diretor de Recursos Humanos Coronel Josias Sampaio Lopes; estando presentes ainda o Presidente do Conselho Deliberativo Coronel Milton Cardoso Ferreira de Souza e o Presidente do Conselho Fiscal Coronel Carlos de Carvalho, acompanhados do Presidente da AME BRASIL – Associação dos Militares Estaduais do Brasil – Coronel Élzio Lourenço Nagalli para uma visita e reunião com o Presidente Deputado Estadual Fernando Capez.

A pauta foi a premência da tramitação da PEC 003/2014 que trata da Carreira Jurídica dos Oficiais da Polícia Militar, onde se expôs a importância do tema para a carreira e os ganhos para a sociedade paulista.

Diante da sensibilização, o Presidente da Assembleia convidou a AOPM a participar da próxima reunião do Colégio de Líderes em 29NOV2016, onde fará as necessárias exposições para que a referida PEC seja pautada para votação.

Registramos o reconhecimento do Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo em relação à Milícia Bandeirante e ao seu lema Lealdade e Constância, o qual fez várias moções elogiosas nesse encontro.

a50f9904-cf20-44c7-89ba-6671620da7da3f8c3fef-0a6e-498d-873a-28acb883649c

 

 

 

 

 

 

Categoria:
  Notícias
esta notícia foi compartilhada 0 vezes
 000

Um Comentário

  • Antonio FernandoGalasso says:

    Amigos AOPM, difícil acreditar no sucesso de quaisquer reivindicação, tendo na Chefia de Governo um inimigo. Quem sabe no ano vindouro, a ganância e a necessidade de derrubar o Aécio, Serra e a atual Ministro da CC, como candidatos, possa êle, filhote de M. Covas, ceder um pouco. Mas é tudo improvável, imprevisível, especialmente “os politiqueiros” deste país. Vamos torcer e rezar.

Escreva um comentário

Your email address will not be published.