REFLEXÃO: É MOMENTO DE UNIÃO

Publicado por Camila Goulart 2 anos atrás1 Comentário

Proposital ou ingenuamente, desencadeou-se uma agressão, nas redes sociais, a deputados representantes da Polícia Militar que votaram na eleição para a presidência da Assembleia Legislativa, em candidato de interesse do governador do Estado.

Péssima iniciativa, num momento em que a PM conta com número jamais visto de representantes nas Casas Legislativas, Senado, Câmara Federal e Assembleia Legislativa. No mínimo, compromete a imagem de união e de força pela defesa de nossa Corporação, quando se tratar de temas institucionais.

É preciso se atentar ao fato de que a atuação política envolve acordos e negociações nem sempre claros para o eleitor. É um jogo em que se cede aqui, para ganhar mais adiante. A eleição para a mesa da Assembleia Legislativa não representa por si mesma uma derrota da oposição ao governo estadual. Nada disso configura uma submissão ou admissão de apoio a todos os projetos de iniciativa do Executivo.

As críticas ora feitas são extemporâneas. Apenas quando se discutirem temas de interesse de nossa Instituição é que se poderá avaliar o posicionamento de cada parlamentar. E estamos confiantes de que, no momento necessário, nossos representantes honrarão os princípios e valores cultivados nas escolas de formação, jamais olvidando os compromissos assumidos já no início de suas carreiras.

O que se pede é um tempo de reflexão e o voto de confiança àqueles que jamais renegaram a farda que envergaram com orgulho e brilhantismo.

A PM paulista é maior do que cada um de nós, e estamos certos de que sempre prevalecerão os termos inscritos em nosso brasão: Lealdade e Constância.

 

Associação dos Oficiais da Polícia Militar

Diretoria Executiva

Categories:
  Institucional, Notícias
esta notícia foi compartilhada 0 vezes
 100

Um Comentário

  • Nilson Carletti says:

    “atuação política envolve acordos e negociações, nem sempre claras” , mas pessoalmente votar no candidato a presidência da ALESP (que é do governo tucano) é uma coisa, agora votar nessa gentalha (aproveito a expressão do Magnânimo ministro G.Mendes) que por mais de 3 décadas nos atacam política e fisicamente, aí já acho demais. Apoiar ptistas é abraçar escorpiões!

Escreva um comentário

Your email address will not be published.