EM DEFESA DO OFICIAL POLICIAL MILITAR

Publicado por Cássio Luiz 5 meses atrásNenhum comentário

Em razão da grande repercussão nas redes sociais e na grande imprensa, do fato de um Coronel do Alto Comando da Polícia Militar, ter sido advertido publicamente pelo Governador do Estado, por fazer uso de telefone celular, enquanto o maior mandatário paulista discursava em reunião no Comando Geral da Polícia Militar, a Associação dos oficiais da Polícia Militar, na condição de entidade representante da Oficialidade da Polícia Militar Paulista, vem a público manifestar seu absoluto repúdio à atitude autoritária de seu governador e comandante em chefe da própria Instituição.

A AOPM, por tradição, adota, costumeiramente, posturas serenas e sóbrias nas mais variadas questões e dilemas que afligem a oficialidade e a própria Polícia Militar. Não é de seu perfil o caráter midiático e sensacionalista! Ela reflete os anseios da oficialidade sempre de forma cordata, respeitosa e lhana. O ato público praticado pelo Sr. João Doria a um coronel da Polícia Militar reflete imaturidade, desrespeito, insensatez, descortesia do mais alto dignitário do Estado.

Com esta atitude lamentável, o governador suja sua biografia, macula sua imagem pública e amesquinha sua carreira política! Espera-se mais de quem ainda pretende alçar voos mais altos.

Anseia-se de um governador do Estado de São Paulo, atitudes mais equilibradas e dignas, ele não deve esquecer-se que é o maior mandatário paulista.

Cel Antonio Chiari      
Presidente da Associação dos Oficiais da Polícia Militar

Categories:
  Institucional, Notícias
esta notícia foi compartilhada 0 vezes
 000

Escreva um comentário

Your email address will not be published.