Algo de surreal está acontecendo na segurança pública do Rio de Janeiro.

Publicado por Adriana 4 anos atrásNenhum comentário

Duramente criticada por todos, a Polícia Militar do Rio (PMRJ) está buscando novos caminhos para melhoria da instituição.
Como uma das criticas mais recorrentes é o excesso de militarismo, falta de sensibilidade e pouca aderência aos princípios jurídicos do Estado Democrático de Direito a PMRJ, seguindo uma tendência nacional, passou a exigir o curso de direito (formação jurídica) para os candidatos à carreira de oficial …
Pensou que ia ser aplaudida pela imprensa, intelectuais, OAB e mesmo outras polícias que lá, são críticas ferrenhas da PM do Rio como ela é hoje…
Pasmem, segmentos de Universidades do Rio de Janeiro se rebelaram contra a iniciativa e foram ao Governador pedir que mudasse o edital… sem sucesso mas…
Surpreendentemente, o TCE do Rio de Janeiro atendendo pedido da ADEPOL – RJ, suspendeu o concurso … Para o TCE-RJ não pode porque o estatuto diz que “permite que todos os brasileiros natos tentem ingressar na corporação”…
Por esse raciocínio não poderia exigir nenhuma escolaridade, nem idade mínima, nem ausência de antecedentes …
Mas o que importa é a pergunta que não quer calar: a quem interessa que a Polícia Militar do Rio de Janeiro não se qualifique e melhore?
Aos que fizeram o pedido?
Aos que concederam?
A comunidade, tenho certeza, prefere ter a melhor polícia que se puder oferecer…
Papa é Mike!

Categoria:
  Notícias
esta notícia foi compartilhada 0 vezes
 100

Escreva um comentário

Your email address will not be published.